Os nervos dos senadores estão à flor da pele e, mais uma vez, essa afirmação foi confirmada na tensa e calorosa discussão entre o líder do #DEM, Ronaldo Caiado (GO) e o líder da oposição, Lindbergh Farias (#PT-RJ). O bate-boca entre os dois senadores ocorreu nessa quarta-feira (13), durante a sessão de votação no Plenário do Senado. A discussão foi tão tensa que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-RJ), teve que interromper a sessão por alguns minutos para que os ânimos dos senadores se acalmassem.

A discussão se iniciou com o petista Lindbergh pedindo a palavra e atacando Caiado, logo após o discurso do senador.

Publicidade
Publicidade

Ele provocou o líder do DEM dizendo que estava espantado em ver a atitude de Caiado na defesa de “pautas bomba” e que era uma grande incoerência do senador vir falar de responsabilidade fiscal. Lindbergh afirmou que Caiado tinha que ter o mínimo de coerência no debate político.

Caiado respondeu Lindbergh dizendo que o senador estava “salivando muito”

Ronaldo Caiado, logo após o discurso de Lindbergh, pediu a palavra ao presidente Renan Calheiros e continuou a debater, fazendo ofensas pessoais a Lindbergh.

Caiado, que além de senador, também é médico, discursou como se estivesse dando um diagnóstico ao petista.

“Esse senador que me antecedeu, eu não dirijo a ele como senador, mas como médico, eu tenho notado que ele está salivando muito e está com as pupilas muito dilatadas. Eu acho que ele deveria primeiro apresentar que condições ele está aqui no plenário, para daí sim, poder enfrentar aqui um debate de conteúdo”.

Publicidade

A discussão continuou e envolveu outros senadores

Senadores aliados de Lindbergh Farias discursaram na tribuna e atacaram Ronaldo Caiado por sua fala. Eles disseram que o discurso do senador foi uma grande afronta e um grande desrespeito a pessoa de Lindbergh.

Segundo reportagem do jornal “O Globo”, Lindbergh Farias entrará com um processo contra Ronaldo Caiado por danos morais e também está estudando se caberá uma representação contra o senador no Conselho de Ética do Senado.

Assista ao vídeo da discussão de Caiado e Lindbergh no Senado.

#Senado Federal