O Comitê Rio-2016 enviou um convite oficial para a presidente afastada, #Dilma Rousseff, e para o ex-presidente Lula prestigiarem a abertura dos jogos olímpicos que ocorrerão no dia 5 de agosto.

Michel Temer está confirmado na solenidade, uma vez que é o presidente em exercício do Brasil. Temer ocupará a tribuna presidencial. Ainda não se sabe se #Lula e Dilma ficarão dentro da mesma tribuna ou em um local destinado aos ex-presidentes, apenas que estarão presentes na abertura das Olimpíadas, o que deve chamar a atenção da imprensa internacional. Os petistas também não deram nenhuma resposta ao convite recebido.

Reclamação para jornal internacional

No último sábado, 9, Dilma Rousseff declarou para o jornal português “Diário de Notícias” que não foi convidada para os Jogos Olímpicos e que considerava justo que fosse chamada, uma vez que foi seu governo que garantiu a realização do evento.

Publicidade
Publicidade

A notícia se propagou com rapidez, e o COI decidiu emitir o convite para Dilma e estendê-lo a Lula, pois, na entrevista, Rousseff sugeriu que ele também fosse convidado.

Na mesma entrevista, Dilma também disse que, mesmo que ocorresse o convite, não saberia se iria ao evento, pois não queria se expor de maneira que a rebaixasse. A decisão de Dilma deve ser divulgada apenas quando estiver próximo do dia 5 de agosto.

Abertura dos jogos olímpicos

Michel Temer, na condição de presidente do Brasil, será o responsável para declarar o início dos Jogos Olímpicos de 2016. O peemedebista fará isso de seu camarote. Temer também declarou há alguns dias que não tinha qualquer objeção a presença de pessoas do antigo governo na abertura dos Jogos.

Na cerimônia ocorrerá o show musical de Anitta, Caetano e Gilberto Gil, que não foram contratados por Temer, como algumas notícias afirmaram, mas sim pelo Comitê Olímpico Internacional.

Publicidade

Também haverá a apresentação de todas as seleções que disputarão as medalhas da competição. Na solenidade, estarão presentes diversos representantes de outros países, incluindo ministros e presidentes. #Rio2016