A deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ), filha do delator do mensalão, Roberto Jefferson, anunciou nessa sábado (9) que irá concorrer a vaga de presidente da Câmara dos Deputados que está desocupada desde a renúncia do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Apesar de já anunciar sua candidatura, Cristiane ainda não formalizou junto à Secretaria da Casa. Segundo sua assessoria de imprensa, a oficialização será feita na segunda-feira (11). A deputada é a primeira mulher a lançar candidatura, e irá buscar os votos da bancada feminina, do PSDB e do chamado Centrão para tentar se eleger.

Filha de Roberto Jefferson, Cristiane substituiu o pai em dezembro de 2014 na presidência do diretório nacional do PTB quando Jefferson foi preso em regime semiaberto pela pena do mensalão.

Publicidade
Publicidade

A deputada ficou no cargo por um ano e meio, até que a pena de Jefferson foi perdoada em março de 2016.

Seis candidatos já oficializaram a candidatura junto à Secretaria da Casa, são eles:

Fausto Pinato (PP-SP), Carlos Gaguin (PTN-TO), Carlos Manato (SD-ES), Marcelo Castro (PMDB-PI), Fábio Ramalho (PMDB-MG) e Heráclito Forte (PSB-PI). #Eduardo Cunha #Câmara dos Deputados #Dentro da política