Um dia depois do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviar uma petição à Organização das Nações Unidas (ONU) dizendo que a Justiça brasileira era imparcial e que Sérgio Moro não teria condições de julgá-lo, pois estaria usando de meios ilegais para incriminá-lo, a Justiça Federal de Brasília tornou ele oficialmente réu por tentar obstruir a Operação #Lava Jato. A decisão foi do juiz Ricardo Leite, que aceitou uma denúncia do Ministério Público.

Além de #Lula, outros nomes da política viraram réus por tentarem atrapalhar o trabalho de Moro. São eles o pecuarista José Carlos Bumblai e o filho dele, Maurício Bumlai, além do advogado Edson Ribeiro, do banqueiro André Esteves, do ex-chefe de gabinete de Delcídio do Amaral, Diogo Ferreira, como também o próprio ex-Senador, que atualmente está sem partido.

Publicidade
Publicidade

Todos esses nomes agora são acusados de tentarem comprar o silêncio de Nestor Cerveró, ex-diretor da maior estatal brasileira, a Petrobrás. 

Até então, apesar de sofrer investigação, Lula não tinha virado réu na Lava Jato. Até a publicação dessa reportagem, o Instituto vinculado ao ex-líder sindical ainda não havia se pronunciado a respeito do assunto. O petista agora terá mais um motivo para se preocupar com a Justiça. Não é a primeira vez que ele recebe acusações de tentar intervir contra a Lava-Jato, no entanto, apenas agora ele realmente virou réu. O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, chegou a solicitar que o Supremo Tribunal Federal (STF) abrisse uma investigação contra Lula, a presidente afastada Dilma Rousseff e o então advogado-Geral da União, José Eduardo Cardozo, pelo mesmo motivo. 

Após o anúncio de que Lula tinha virado réu na Lava Jato, o nome dele passou a ser um dos mais comentados da internet.

Publicidade

A maioria dos internautas comemorava a decisão. "Um dia ele tenta derrubar Moro na ONU e no outro ele passa a ter que responder no banco dos réus", disse um goiano bastante feliz pela atitude do juiz que ajudará o trabalho do colega Sérgio Moro na maior investigação do país.  #PT