Na manhã desse sábado (30), finalmente foi inaugurada (após meses de atraso) a linha 4 do metrô no Rio de Janeiro.  Estiveram presentes na inauguração, as principais autoridades do país, incluindo o presidente interino, #Michel Temer, o governador do estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão e o prefeito da cidade, Eduardo Paes. O metrô que ligará o trecho olímpico de Ipanema a Barra da Tijuca será composto por cinco estações: Nossa Senhora da Paz, Jardim de Alah, Antero de Quental, São Conrado e Jardim Oceânico. A estação da Gávea, que também integra a malha, ainda não tem previsão de ser inaugurada. A partir de segunda-feira, estarão disponíveis os ingressos para quem já os comprou e para credenciados.

Publicidade
Publicidade

A população somente poderá utilizar o a linha de metrô, após o término dos Jogos Olímpicos, a partir do mês de setembro.

Essa foi a obra de infraestrutura mais cara dos jogos Olímpicos Rio 2016. O custo total  foi de R$ 10 bilhões. Sua composição é de 26 quilômetros de trilhos e foi feita em cinco anos e meio com recursos do BNDES.

Durante a inauguração, o prefeito Eduardo Paes e o governador Luiz Fernando Pezão discursaram para o púbico presente e para a imprensa. Em seus discursos, ambos enalteceram a importância da união entre as administração municipal, estadual e federal. Michel Temer também discursou e relatou que, por diversas vezes, foi procurado por Pezão e Paes para que fosse agilizada a liberação dos recursos federais para a conclusão das obras.

“Exerço a presidência por 70 dias e vocês sabem que o Paes e o Pezão me ligaram 82 vezes e para o Henrique Meirelles 80 vezes para falar sobre a participação da União nessa coisa extraordinária que são os jogos Olímpicos”.

Publicidade

Em nenhum momento dos discursos de Pezão e Paes, foi citado o nome da presidente afastada Dilma Rousseff que era uma forte aliada do prefeito do Rio e do governo carioca.

Temer comete gafe e diz que câncer de Pezão foi útil

Michel Temer acabou derrapando em seu discurso e cometendo uma gafe que não passou despercebida pelos jornalistas que acompanhavam o encontro. Ele disse que coisas maléficas parecem que vêm para o bem das pessoas e que o câncer até pareceu que foi “útil” para Pezão que se recupera de um linfoma.

“Quero deixar registrado aqui a alegria de encontrar o pezão. Eu até disse a ele que existem coisas maléficas que vêm para o bem. Vou até tomar a liberdade de fazer um comentário pessoal. Você está até mais bonito, o câncer acabou até sendo uma coisa útil.”

  #Dilma Rousseff #Rio2016