Fábio Porchat, pai do humorista que leva o mesmo nome, negou que tenha feito declarações falsas sobre a entrega de livros do Grupo Bellini Cultural que está sendo investigado na Operação Boca Livre. Quem declarou o crime para a Polícia Federal foi Katia dos Santos Piauy, auxiliar administrativa e financeira do grupo. A Bellini é apontada em desvios de R$ 180 milhões liberados via Lei Rouanet. Antonio Carlos Bellini Amorim e seus filhos, Bruno e Felipe Amorim, que comandam a empresa, acabaram presos no dia 28 de junho, porém pagaram fiança no valor de R$ 176 mil e estão livres.

Fábio Porchat é diretor da Academia Latino Americana e concedeu uma entrevista na qual afirmou que conhece Antonio Bellini.

Publicidade
Publicidade

Quando foi questionado sobre a denúncia feita pela auxiliar da empresa, o empresário Porchat disse que recebeu os livros, porém não fez nenhuma declaração falsa e não tem nada de errado com o recebimento, a Bellini entregava livros para a Academiam que distribuía para artistas e pessoas interessadas, sem nenhum custo relacionado a isso.

Quando o jornalista perguntou sobre a Lei Rouanet, Fábio Porchat foi direito e disse que é uma Lei muito importante para a cultura brasileira, ele se declarou a favor, porém acredita que precisa ter correções e novas apurações para sua melhoria.

 Humorista

O filho de Fábio Porchat estreará na Record em uma programa, no mês de agosto, o talk show foi batizado de "Última Chamada". A exposição de Porchat filho perante a imprensa, e em vários meios de comunicação, é uma das preocupações da emissora.

Publicidade

Bastidores do canal de Edir Macedo querem que Fábio se esconda dos holofotes até a estreia do programa, supostamente a exposição de seu pai com a investigada Bellini seria mais um motivo de Porchat filho estar com seu nome nas mídias. 

O programa terá uma mistura de estilos, se baseando no programa "The Noite", do SBT, que é apresentado por Danilo Gentili, e do Programa do Jô, da Rede Globo. Fábio Porchat é humorista e atualmente está divulgando o filme "Contrato Vitalício"#Entretenimento #Lava Jato #Corrupção