O juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, recebeu homenagens durante evento da Fecomércio no Paraná. Ele recebeu méritos da Ordem do Comércio do Paraná, durante o 11° Troféu Guerreiro do Comércio, que enfatiza as grandes conquistas do empresários paranaenses. 

Moro foi reconhecido pelo excelente trabalho frente a força-tarefa da Lava Jato em punir os corruptos, restaurando a ética na política. A comenda de Ordem do Mérito foi dada pelo presidente da Fecomércio, Darci Piana e pelo ministro da Saúde Ricardo Barros.

Ao receber o reconhecimento, o juiz disse para a platéia presente, que os empresários ganhadores dos prêmios devem se sentir honrados em terem várias conquistas mediante a crise que assola o país.

Publicidade
Publicidade

Isso mostra que existem pessoas que acreditam no Brasil e faz um grande bem à sociedade.

Expectativas

Sérgio Moro comentou no evento, realizado nesta sexta-feira (22), que espera que o presidente interino #Michel Temer crie medidas para combater a #Corrupção sistêmica e não apenas atue na economia. "O problema do Brasil não está apenas na economia, precisamos de medidas rígidas contra a corrupção", ressaltou Moro.

Os trabalhos da Lava Jato fazem parte do processo de "cura do Brasil". É feito com responsabilidade e envolve várias pessoas, pois é um trabalho coletivo e que precisa do apoio da sociedade para ser cada vez mais eficaz contra a corrupção. De acordo com o juiz, é preciso sempre apoiar as investigações, que é um verdadeiro trunfo da democracia. 

Lula

O juiz Sérgio Moro rebateu, nesta semana, os argumentos de defesa do ex-presidente #Lula.

Publicidade

Moro disse que continuará com os processos de Lula e afirmou que os grampos que pegaram o ex-presidente em março desse ano, já justificam um pedido de prisão, mas mesmo assim o juiz optou pela condução coercitiva de Lula.

Aliados do ex-presidente estão apreensivos com medo de que a qualquer momento Moro decrete a prisão de Lula. Os advogados do petista já tentaram tirar as investigações das mãos de Moro, mas até agora não conseguiram.