Na reta final do processo do impeachment de #Dilma Rousseff, aliados ao antigo governo tentam convencer indecisos de que a presidente afastada é inocente. Foi em uma dessas tentativas que o deputado federal, Silvio Costa (PTdoB/PE), deparou-se com #Janaína Paschoal na hora de tomar um café e a abordou para tentar convencê-la da inocência de Dilma.

A advogada de acusação falou ao Estadão que ouviu o parlamentar devido o mesmo ter feito uma abordagem respeitosa, mas que ele não a convenceu de que Dilma é inocente. Janaína, ao lado dos juristas Miguel Reale Junior e Hélio Bicudo, fez o pedido do impeachment no ano passado e segue como advogada de acusação ao lado de Miguel.

Publicidade
Publicidade

Hélio Bicudo atende recomendação médica e por isso não tem acompanhado as discussões do impeachment.

Presença de Dilma Rousseff no #Senado Federal

Dilma ficou mais de 14 horas no Senado Federal, onde fez um discurso de quase 45 minutos pela manhã e passou o dia respondendo perguntas dos senadores presentes. No fim da noite, quando todos os inscritos já haviam questionado a presidente afastada, os advogados de acusação fizeram duas perguntas para Dilma. José Eduardo Cardozo, advogado de defesa de Dilma Rousseff, não quis fazer perguntas e passou sua vez para a presidente afastada realizar suas considerações finais.

Reação ao interrogatório de Dilma

A acusação de Dilma está certa de que sua presença no plenário não mudou o resultado de consumação do impeachment que pode ocorrer na quarta-feira, 31.

Publicidade

Para alguns deles, o discurso de Dilma e suas respostas podem, inclusive, ter conquistado mais alguns votos favoráveis a sua saída definitiva.

Já sua defesa está dividida, se por um lado alguns senadores não acreditam na reversão do impeachment, incluindo o líder do PT, Humberto Costa, outros apostam que a presidente afastada conseguiu reverter sua saída. Essa é a opinião do senador Lindbergh Farias, que falou para uma rádio que está otimista com a postura de Dilma e que ela não só reverterá os votos de que precisa, como voltará para o cargo de ‘goleada’. Outros defensores preferiram não se manifestar sobre a reação ao depoimento e interrogatório de Dilma Rousseff.