Às 13h35 minutos desta quarta-feira, 31, o Senado Federal votou pela deposição de Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT). Todos os 81 Senadores votaram a questão e o placar foi amplo contra a petista. Ao todo 61 Senadores votaram contra a companheira política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Apenas 20 foram favoráveis. Ou seja, o número foi de 7 Senadores maior do que o necessário para a petista. A ex-presidente da república deve a qualquer momento receber um documento em que comunica a perca do mandato.

Ainda haverá daqui a pouco uma nova votação, que escolherá se Dilma perde ou não os direitos políticos.

Publicidade
Publicidade

Nessa tarde, o presidente em exercício Michel Temer, PMDB, ainda toma posse como titular. Ele receberá a faixa presidencial das mãos de Renan Calheiros, do PMDB. Às 20h, um pronunciamento com o peemedebista será exibido em cadeia de rádio e televisão, em que falará ao país sobre como as coisas ficarão depois desse resultado histórico. 

Dilma ainda não se pronunciou depois da deposição. A saída dela, no entanto, virou piada, muita gente disse que a petista deveria tirar férias em Cuba, país conhecido por ser de esquerda.  #PT #Dilma Rousseff