Nesta segunda-feira, 01, começou a repercutir uma grave informação. De acordo com informações da Revista Isto É, Um assessor do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, teria assinado uma espécie de abaixo-assinado que pede a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O texto ainda apoia o fato de #Lula ter pedido socorro através de uma petição ao Comitê de Direitos Humanos da ONU, a Organização das Nações Unidas. Lembrando que Teori é um dos relatores da Operação Lava Jato, a qual o ex-líder sindical agora é réu acusado de obstruir os trabalhos dos investigadores. 

O assessor em questão, segundo a revista, é Manoel Lauro Volkmer de Castilho.

Publicidade
Publicidade

Ele trabalha como desembargador aposentado do TRF, o Tribunal Regional Federal. A assinatura que pode colocar em "xeque" a credibilidade e imparcialidade da mais alta corte do país teve grande repercussão nas redes sociais. Manoel é casado com uma vice-procuradora-geral da República, o que mostra que o seu reduto político e jurídico é bastante forte e interessante. A mulher dele é Ela Wiecko, conhecida por ser braço-direito de Rodrigo Janot, procurador-geral da República. 

A Isto É diz que os assessores do STF confirmaram que Castilho não só trabalha para o órgão, como também exerce os seus serviços no gabinete de Teori. O Ministro, no entanto, não teria quisto falar com a reportagem ou não foi encontrado.  O desembargador passou a atuar no Supremo no final de 2014 e foi chamada de grande reforço para ajudar o órgão no momento em que a Lava Jato ganhava muita força e a presidente afastada Dilma Rousseff tinha acabado de ser reeleita.

Publicidade

O assessor de Teori mostra que concorda com um texto que critica o trabalho do juiz federal Sérgio Moro. O texto em questão fala que o juiz da Lava-Jato teria abusado do poder e que estaria perseguindo Lula. Por isso, de acordo com o abaixo assinado, Lula estaria completamente correto ao recorrer à Organização das Nações Unidas, que pode ajudá-lo neste momento crucial da política brasileira.  #PT