A vida não está fácil para o deputado federal Marco Feliciano, eleito pelo #PSC do Estado de São Paulo. Ele tem enfrentado uma séria acusação de abuso sexual e tentativa de estupro, que se comprovada poderia levar até a um processo no Supremo Tribunal Federal (STF) e tirar o mandato parlamentar do político. De acordo com informações do portal de notícias G1 em reportagem publicada nesta segunda-feira, 08, um evento vinculado à igreja evangélica acabou sendo cancelado depois das notícias envolvendo o líder religioso. A participação de Feliciano seria no lançamento de uma loja evangélica na cidade de Cascavel, no Paraná. 

O anúncio do cancelamento acabou sendo feito depois que a jornalista Patrícia Lélis, ex-militante do PSC, fez um boletim de ocorrência contra o político dizendo que ele tentou estuprá-la em seu apartamento funcional, localizado na cidade de Brasília.

Publicidade
Publicidade

Alguns veículos de comunicação chegaram a publicar que Patrícia enviou fotos nua para o deputado e tentou fazer vínculo com o político de qualquer forma. No lançamento da loja, também seria falado sobre a semana municipal da família. A loja em questão é uma livraria evangélica, que venderia a obra do parlamentar que tem dividido opiniões por conta da forte acusação. 

A livraria completa 15 anos e teria no parlamentar como sua grande atração de aniversário. Os interessados poderiam ir ao local sem pagar nada e desfrutar de todo o conhecimento do representante do PSC. O partido disse que fará uma análise interna para ver como proceder sobre o caso. A jovem chegou a dizer que ele usou uma faca para tentar estuprá-la e que teria sugerido para ela ser sua amante. No fim de semana, o deputado do mesmo partido de Jair Bolsonaro publicou um vídeo em que se diz inocente.

Publicidade

Ao lado da mulher, Edileuza, ele lembra que já passou por muitos momentos difíceis e pede para que as pessoas não o condenem antes da hora. Marco chega a chorar ao falar da reação da filha, que o abraçou após chegar de viagem, demonstrando que sua família confiaria nele.  #Marco Feliciano