Nessa sexta-feira, 12, a apresentadora Maria Lydia, da TV Gazeta, realizou uma entrevista ao vivo com Janaína Paschoal, professora da Universidade de São Paulo (USP) E advogada acusadora do processo de impeachment da presidente afastada #Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores. Paschoal já começou a conversa dizendo que a tática dos petistas em dizer que o processo de impedimento é um "golpe parlamentar" seria para pedir asilo político a presidente Dilma, que depois de perder o cargo ficaria também sem o foro privilegiado. Com isso, ela poderia ser investigada e julgada pela Justiça comum e não pelo Supremo Tribunal Federal (STF). 

É bom lembrar que diversos nomes petistas estão sendo apurados na Operação Lava-Jato, que é comandada pelo juiz federal Sérgio Moro.

Publicidade
Publicidade

A investigação já é a maior e mais importante do país. Janaína ainda negou que o presidente em exercício Michel Temer, do PMDB, tenha solicitado à ela para agilizar o impeachment. De acordo com a advogada, ela acredita que nem no mesmo ambiente que Temer estava ela chegou a estar também. O questionamento do suposto pedido de Temer veio depois que Janaína e os advogados da acusação relatarem que entregarem o pedido final do processo com 24 horas de antecedência. 

Paschoal garantiu que só fez isso porque tinha medo que não entregasse a acusação a tempo, já que ela preferiu levar o documento em mãos e não via Sedex (Correio). A professora da USP ficou conhecida por liderar o grupo de advogados que deve entrar na história por tirar uma presidente da república. A saída de Dilma já é dada como certa e a previsão é que a votação por sua deposição ocorra até o final de agosto.

Publicidade

O Ministro do Supremo Ricardo Lewandowski determinou que a votação seja até o dia 29. 

Nessa semana, o relatório de Antonio Anastasia teve 59 votos contrários à Dilma e 21 favoráveis à ela. O patamar do pleito histórico no Senado deve ficar por aí, podendo chegar aos 60 votos. 

Veja abaixo o vídeo que mostra Janaína falando sobre a sua suspeita do petistas

#PT