Após dias exaustivos do julgamento que pode culminar no primeiro #Impeachment de um presidente da república no Brasil, senadores se dividem entre otimismo, pessimismo ou realismo. Lindbergh Farias integra o grupo dos otimistas.

Após o discurso e mais de 12 horas de interrogatório a que #Dilma Rousseff foi submetida na última segunda-feira, 29, Lindbergh acredita que ela não só conseguiu reverter os votos favoráveis ao impeachment, como o fez de ‘goleada’.

Para o senador, com a presença de Dilma no Senado Federal, ficou claro para os senadores e para o povo, que não houve crime de responsabilidade e que Dilma é inocente. Ao repórter, Marcelo Mattos, da rádio Jovem Pan, Lindbergh afirmou que Dilma ir ao Senado, resultou em um dia histórico de ‘virada’.

Publicidade
Publicidade

Lindbergh também elogiou a postura de Dilma Rousseff, dizendo que ela teve um desempenho espetacular ao defender-se.

Lindbergh ainda afirmou que ‘pesquisas internas’ feitas pelo PT, registraram que a presença de Dilma no Senado foi um ‘sucesso avassalador’. Na segunda-feira, enquanto a petista ainda era interrogada, Lindbergh disse para a imprensa que faltava fechar um bloco de seis senadores para garantir que evitarão o impeachment nessa quarta-feira, 31.

Por fim, e assim como em seu discurso realizado na noite de ontem, 30, Lindbergh Farias disse que os senadores que querem a saída de Dilma Rousseff, ficaram tímidos diante da presidente afastada e não quiseram lhe fazer perguntas. Farias ainda afirmou que eles ficaram de cabeça baixa, assim como na primeira vez que a presidente afastada foi ré, na época da ditadura militar.

Publicidade

Para finalizar, Lindbergh disse para a Jovem Pan, sobre os opositores, supostamente, não terem coragem de questionar Dilma no Senado, que tinham 'amarelado'.

A votação que decidirá o destino político de Dilma acontece dentro de uma hora e deve durar poucos minutos. O líder do PT no Senado, Humberto Costa, já havia dito na segunda-feira, 29, que não acreditava na reversão do impeachment. Dilma já estaria reunida com sua equipe nessa manhã para fazer seu último pronunciamento, em que agradecerá aos que lhe apoiaram duarnte o processo do impeachment. #Senado Federal do Brasil