Nesta sexta-feira, 26, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu mais uma forte acusação. Ele foi indiciado pela Polícia Federal pelo caso do Tríplex, localizado no Guarujá, litoral de São Paulo. Para investigadores, o político e sua esposa, a ex-primeira dama Marisa Letícia, teriam recebido mais de dois milhões de reais irregulares da OAS, empreiteira apurada na principal investigação do país. O companheiro da presidente afastada Dilma Rousseff já é reú na Lava-Jato por determinação da justiça de Brasília. Ele é acusado de tentar atrapalhar o trabalho da Polícia Federal e do juiz federal Sérgio Moro. 

Após descobrir o indiciamento e até a possibilidade de prisão, já que agora o caso fica com o Ministério Público, que pode apelar para uma reclusão preventiva, #Lula precisou ter forças para viajar pra Brasília, onde tentará ajudar Dilma durante o julgamento do impeachment, que já teve início e deve acabar apenas na semana que vem.

Publicidade
Publicidade

O petista desembargou em um hangar privado do aeroporto da capital do Brasil no meio da tarde. De acordo com informações da coluna Radar, da Revista Veja, ele estava acompanhado de velhos amigo, como o ex-governador da Bahia e ex-ministro Jaques Wagner.

O ex-líder sindical, conhecido por ser simpático e alegre, estava de forma irreconhecível. Até petistas reconheceram que a imagem de Lula é de homem abatido. O político ainda foi recebido no aeroporto pelos senadores petistas Paulo Rocha e Humberto Costa. A ideia é mostrar que a legenda está com ele nesse momento difícil, em que todos os lados e investigações parecem terminar nele. Não é a primeira vez que o político aparece muito triste em público. Isso já havia acontecido no dia 12 de maio, quando o Senado Federal decidiu afastar a presidente Dilma do cargo.

Publicidade

Ela fez um discurso do lado externo ao Palácio do Planalto em que disse que lutaria. Mesmo com muitos militantes à sua volta, o ex-presidente parecia fora da li e muitos cogitaram que ele estaria novamente doente. No passado, Lula teve um câncer.  #PT #Dilma Rousseff