O ex-presidente da República Federativa do Brasil, Luiz Inácio #Lula da Silva, durante toda a sua vida pública, nunca escondeu o amor pelo seu time do coração, o Sport Club #Corinthians Paulista. O amor de Lula ao Corinthians foi tanto que o petista se “esforçou” quando estava na presidência para que empréstimos fossem concedidos para que o Corinthians construísse seu próprio estádio. Só que, agora, um duro golpe foi dado em Lula pelo seu time de coração, que não teve escolha e se viu obrigado a dar um “ultimato” ao seu ilustre torcedor sobre o seu não comparecimento nas reuniões do Conselho do clube. Lula é membro vitalício do corpo de conselheiros do Corinthians, porém, nunca compareceu a uma reunião de conselheiros.

Publicidade
Publicidade

Segundo a reportagem da revista Veja, dirigentes corintianos tiveram que cumprir o estatuto do clube e pedir que conselheiros com excesso de faltas em reuniões (Lula nunca compareceu a nenhuma reunião desde sua nomeação) dessem justificativas sobre suas faltas. A revista apontou que, além de Lula, outros 35 conselheiros foram notificados por terem excedido o número permitido de faltas em reuniões.

Após recebimento de carta, Lula renunciou cargo em conselho

Logo após receber a notificação do Corinthians, Lula se antecipou e não quis apresentar justificativas sobre suas faltas nas reuniões do conselho e logo apresentou uma “carta de renúncia” ao dirigentes do Corinthians. Na correspondência, Lula alega que nunca comparecia as reuniões no clube porque não tinha "condições de comparecer", afirmou Sérgio Alvarenga, presidente do Comitê de Ética do Conselho Deliberativo do Corinthians.

Publicidade

A carta de Lula renunciando ao cargo, foi apresentada a cerca de dez dias.

Apesar de não manter mais nenhum vínculo legal com o clube paulista, Lula continua inscrito o site oficial do Corinthians como “conselheiro vitalício” do clube. Lula também mantém uma relação de proximidade com o deputado federal, Andrés Sanches, ex-presidente do clube e que atualmente cumpre mandato de deputado federal pelo #PT de São Paulo.