Antes mesmo da presidente Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT), ser afastada, já tem gente que tem pulado do "barco" de seu governo. Uma dessas pessoas é um médico que foi contratado durante a gestão da petista durante o programa '#Mais médicos'. De acordo com informações do G1 em reportagem publicada nesta sexta-feira, 12, o profissional da saúde cubano abandonou o seu posto de trabalho nessa semana no interior de São Paulo. Antes de ir embora, o profissional identificado como Jesus Brito Vargas, deixou uma carta de despedida. Nela , o homem avisa para onde vai, os Estados Unidos. Segundo ele, a vida na terra de Barack Obama seria melhor do que em #Cuba

Jesus estava na mesma unidade de saúde no interior de São Paulo há mias de dois anos.

Publicidade
Publicidade

Ele atuava como médico de saúde, mas sem contrato estava prestes a terminar. Na segunda-feira, 08, o profissional disse que não passava bem e que por isso faltaria o trabalho. No dia seguinte, ele também não apareceu, dessa vez, não justificando o motivo para o sumiço. Nesses casos, a orientação dada pelo governo é ir até à casa onde o médico está hospedado. Nela, ele deixou a carta de despedida, explicando o que o motivou a trocar Cuba pelos Estados Unidos. O documento foi deixado em cima da mesa. No texto, o homem agradece aos colegas de trabalho, aos pacientes e até a prefeitura e anuncia o seu destino,  a terra do 'Tio San'. 

Jesus diz no texto que foi muito difícil tomar a decisão, mas que o final do seu contrato nesse ano foi um dos motivos que o fez escolher os Estados Unidos e não voltar nunca mais para Cuba.

Publicidade

Ele disse que não queria voltar para o seu país natal por conta das condições da economia e que também não teria como se estabelecer no Brasil. Por isso, ele decidiu ir embora do país. No texto, o profissional da saúde diz que a previsão é que ele deixasse o cargo em março ou abril do próximo ano. 

Assim como manda o protocolo, o Ministério da Saúde foi comunicado sobre a "fuga". Não há informações sobre como o médico saiu do país, mas o mais provável é que tenha sido através da via aérea.  #Dilma Rousseff