O deputado federal Jair Bolsonaro foi vítima de um ato de intolerância dentro da Câmara. Seus filhos, Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) e Flavio Bolsonaro (PSC-RJ), divulgaram um vídeo que mostra duas mulheres agredindo o deputado Jair verbalmente e sendo levadas pela #Polícia Federal para registrar o caso.

Ao contrário do que alguns meios de comunicação estão dizendo, as duas não foram presas, mas responderão pelo xingamento contra o deputado, que aconteceu voluntariamente e dentro da #Câmara dos Deputados.

Ofensas

Uma delas ligou para uma pessoa, contou o que estava acontecendo, momento em que confessou ter xingado o deputado, e chamou ‘todo mundo’ do PSOL para a câmara, pois, segundo ela, estava sendo presa.

Publicidade
Publicidade

A outra mulher aproveitou para xingar mais o deputado, chamando-o de racista e homofóbico, dentre outras coisas. Durante todo o trajeto até o departamento de polícia da Câmara, houve reclamações e insultos contra o deputado.

Crimes

Atrás dos policiais estavam #Jair Bolsonaro e Eduardo Bolsonaro, entre outras pessoas. Segundo publicação feita pelo deputado estadual Carlos Bolsonaro, vereador no Rio de Janeiro pelo PSC, as agressoras foram conduzidas à delegacia pelo crime de injúria, uma vez que xingaram Jair várias vezes de homofóbico, racista, realizador de discurso de ódio, nojento, etc.

O vídeo foi divulgado pela manhã dessa terça-feira, 2, e somando as duas publicações oficiais, já ultrapassou um milhão de visualizações. Assista abaixo o vídeo, disponibilizado no Youtube:

 

Jair Bolsonaro e seu filho, Eduardo, têm o costume de gravar todas as situações que vivem, inclusive entrevistas, a fim de terem imagens para se defenderem no caso de algum problema, bem como para conferir transparência em seus atos.

Publicidade

Há alguns anos o programa CQC fez uma montagem em uma entrevista feita com o Jair, fazendo com que ele ficasse com fama de racista. Após a polêmica, o parlamentar divulgou a entrevista completa, mostrando a diferença entre as respostas dadas por ele e a montagem feita pelo humorístico da TV Band.