Nesta sexta-feira, 19, Renan Calheiros tem encontro marcado com a presidente afastada, #Dilma Rousseff. A partir das 11h, no Palácio da Alvorada, o presidente do Senado Federal debaterá com a petista os últimos passos do processo de #Impeachment, que entrará na fase do julgamento a partir do dia 25 desse mês.

Na reunião, Renan também pretende acertar os detalhes da ida de Dilma Rousseff à sessão do impeachment, no dia 29. Embora tenha ficado inicialmente contrária à ideia de estar presencialmente, Dilma mudou de postura nos últimos dias e deve ir pessoalmente realizar sua defesa no prazo de 30 minutos destinados a ela.

A audiência entre Renan e Dilma, em um primeiro momento, estava prevista para esta quinta-feira, dia 18.

Publicidade
Publicidade

No entanto, Renan Calheiros acabou viajando ao Rio de Janeiro ao lado do presidente interino Michel Temer, o que inviabilizou a agenda.

Os passos do impeachment

A sessão final do impeachment no Senado Federal se inicia a partir do dia 25 de agosto. Nos dois primeiros dias, as testemunhas serão ouvidas - sendo seis da defesa de Dilma Rousseff e mais duas de acusação. Caso seja necessário, a sessão poderá entrar até no final de semana do dia 27 e 28 - sábado e domingo.

No dia previsto do seu comparecimento, segunda-feira 29, Dilma terá até 30 minutos para realizar a sua defesa - ela também poderá responder perguntas dos senadores, embora ainda não haja uma definição sobre isso. A tendência é o que julgamento se encerre no dia 30.