O #Impeachment de Dilma Rousseff está sendo visto por aqueles que a defendem como um golpe e as redes sociais estão sendo palcos das muitas manifestações, inclusive de famosos que usam sua popularidade para deixarem bem claro sua posição política. A atriz global, Patrícia Pillar, foi uma das que na última segunda-feira (29) se manifestou a favor da presidente afastada e também acusou aqueles que são a favor do impeachment de pertenceram a uma "direita corrupta, obscurantista e mafiosa".

Enquanto no Senado era realizada a sessão do impeachment, Patrícia Pillar divulgou uma foto da petista em sua conta no Instagram e também no Facebook, com uma mensagem dizendo que o julgamento que estava sendo realizado tinha a promoção da "direita corrupta".

Publicidade
Publicidade

A atriz aproveitou para avisar aos fãs que a acompanham nas redes sociais de que o Brasil está sendo "entregue sem nenhum voto" e que os políticos responsáveis pela saída definitiva de Dilma não possuem compromisso com os brasileiros mais pobres.

Para finalizar seu recado, ela disse não querer este futuro que está sendo construído agora e concluiu: "Sou contra!"

Além da atriz, outros famosos que postaram manifestações nas redes sociais contra o impeachment de Dilma Rousseff foram: o escritor Fernando Morais, a atriz Maria Casadevall, Maeve Jinkings, o humorista Gregório Duvivier, entre outros. Mas Fernando Morais, assim como Patrícia Pillar, também fez questão de postar vários mensagens a favor da presidente afastada e em uma delas chegou a elogiar a petista, dizendo que ela estava dando "um banho nos senadores", satisfeito com as palavras pronunciadas por ela em sua própria defesa.

Publicidade

Duvivier, em sua mensagem de apoio a Dilma, lembrou que ela é uma mulher que não foge à luta e que estava emocionado com a força e a coragem da petista que não baixou a cabeça em momento algum. Duvivier ainda lembrou que no Brasil nunca houve julgamento de torturadores e citou também o nome de Michel Temer, Cunha, Renan e de Aécio Neves que até hoje não foram julgados, mesmo com tantas acusações contra eles e finalizou: "Dilma cai de pé e atirando". #Dilma Rousseff #Crise-de-governo