Nesta quinta-feira (04), o juiz federal Sérgio Moro defendeu na Câmara dos Deputados o projeto das "10 medidas contra a corrupção". Essas medidas têm o objetivo de dificultar a corrupção sistêmica que assola o país.  Durante o discurso do juiz, uma figura do jogo Pokémon apareceu invadindo a sessão e depois foi capturado pelo jornalista George Marques.

Essa figura é conhecida como Rattata, tem a forma de um rato e faz parte desse jogo polêmico e que foi lançado essa semana no Brasil. O jogo #Pokémon Go é uma grande febre em vários países, onde as pessoas são avisadas de que uma figura está por perto e pela câmera do celular o jogador tem que tentar capturá-la para ganhar pontos.

Publicidade
Publicidade

Febre digital

Nos Estados Unidos, o jogo ganhou a atenção de várias pessoas e é um verdadeiro sucesso. É uma mistura de ilusão com realidade. O aplicativo já superou a rede social Twitter em número de acessos esta semana e já prende a atenção das pessoas mais minutos por dia do que o WhatsApp, Instagram e SnapChat. A busca pelo jogo na internet também superou as procuras por pornografia, que sempre estiveram no topo.

O Pokémon Go tem vários desafios. O jogador precisa resgatar as figuras virtuais que vão aparecendo e uma grande dica é tentar chocar ovos que podem ser obtidos nos Pokestops, que são locais indicados pelos jogos, assim figuras virtuais mais raras irão aparecer.

Muitos países ainda não tem o jogo, ou seja, a expectativa é que o sucesso aumente ainda muito mais

Acidente

O jogo pode causar muitos acidentes se não forem tomados os cuidados necessários.

Publicidade

Um fato inusitado aconteceu na Irlanda do Norte, onde um jovem tentou resgatar um Pokémon e para isso entrou na frente de vários carros criando um verdadeiro caos no trânsito. A polícia repreendeu o cidadão e disse que não vale a pena dar a vida por uma figura ilusória. 

Várias pessoas estão desrespeitando os limites e as leis para tentarem capturar o máximo de Pokémon possíveis. Os monstrinhos aparecem em diversos lugares, como parques, museus, ruas, casas e até mesmo dentro de um carro.   #Curiosidades #Sergio Moro