Engana-se quem acredita que apenas os políticos brasileiros acabam dando declarações polêmicas e muitas vezes ultrapassadas. A nação mais rica do planeta, os Estados Unidos, também tem gente que sofre desse probleminha. Que o diga o ex-deputado estadual Tony Perkins, filiado ao Partido Republicado pelo estado de Louisiana . O político ficou conhecido no país de Barack Obama por culpar os homossexuais por enchentes, terremotos, tufões e etc. De acordo com Tony, os desastres nacionais seriam uma maneira de Deus punir a humanidade aceitar o fato de um homem se deitar na cama com outro homem. 

Após fazer essa declaração, no entanto, Perkins acabou sendo vítima de um desastre natural.

Publicidade
Publicidade

A casa do político em Louisiana foi invadida por uma enchente forte. Ele precisou abandonar a residência às pressas. Infelizmente, os vizinhos do ex-deputado também sofreram com as fortes chuvas e tiveram que abandonar os imóveis. O político teria dito que isso teria sido novamente culpa dos gays. Atualmente, ele preside uma associação de cristãos. No Facebook, Tony publicou imagens da casa completamente alagada. Muita gente chegou a fazer piadas com ele na internet, dizendo que ele teria sido vítima de um castigo divino por ser preconceituoso e falar besteiras. 

Os eleitores do ex-deputado lembraram que ele chegou a dizer que gays não seriam compatíveis com a espécie humana e sua evolução. Ele colocou a culpa na condição em ser homossexuais em atos ilícitos, como usar drogas. Para Tony, as pessoas só transam com outras do mesmo sexo se não estiverem mentalmente saudáveis.

Publicidade

Ele ainda escreveu no site da Federação Cristão que homossexualidade e pedofilia estariam diretamente ligadas, condenando quem pensa de maneira diferente dele. O político da casa alagada é conhecido nacionalmente, pois foi ele quem aconselhou o pré-candidato evangélico Ted Cruz em assuntos religiosos. 

Em 2013, Perkins já havia virado manchete em todo o planeta ao dizer que um atentado durante uma maratona de Boston seria culpa da facilitação do sexo provocada pelo Congresso Americano. Enquanto está sem casa, o político vai morar em um trailer.  #Governo #LGBT