Caso o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff seja confirmado, Michel Temer será empossado e um grade problema surgiu: onde se encontra aquele paninho que atravessa no peito do presidente? É isso mesmo, diante de uma auditoria realizada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) foi confirmado o desaparecimento de vários itens que pertencem à União, e um desses itens é a faixa presidencial. 

O TCU percebeu que 4500 objetos estão sumidos, como obras de artes, peças de decoração, materiais de escritórios, computadores e a própria faixa. Resta saber que fim levou esses objetos ou quem seria o responsável por guardá-los em local protegido.

Publicidade
Publicidade

Lava Jato

A força-tarefa da Operação Lava Jato descobriu, em março desse ano, um cofre numa agência de São Paulo que continha vários presentes que o ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva ganhou durante seus oito anos de governo, porém todos os presentes deveriam ser incorporados ao patrimônio da União. Segundos os técnicos houve um desrespeito por parte de Dilma e Lula contrariando a lei e ignorando as regras.

Dos 568 presentes que Lula ganhou, apenas nove deles ficaram na União e a presidente afastada Dilma ganhou 163 presentes e até agora só incorporou seis ao patrimônio público. O TCU tem planos de mudar o sistema de fiscalização para que isso não ocorra mais.

Objetos desaparecidos

Vários são os itens que estão desaparecidos, como por exemplo, computadores, tapetes persas, obras de artistas brasileiros, porcelana chinesa e equipamentos de segurança.

Publicidade

O relatório do Tribunal de Contas ressaltou que a perda desses objetos causa um prejuízo de R$ 5,8 milhões e que é uma grande irresponsabilidade da Secretaria de Administração da Presidência da República.

De acordo com o TCU foi constatado que vários presentes ganhados por Lula e Dilma foram incorporados em seus bens pessoais, e para provar isso, o TCU buscou informações nos órgãos de controle de patrimônio e analisou todas as viagens que os presidentes fizeram ao exterior e as visitas que receberam de líderes mundiais. #Dilma Rousseff #Lava Jato