Nesta segunda-feira, 01, um pouco do outro lado da história envolvendo o caso da atriz Letícia Sabatella foi divulgado nas redes sociais. Um vídeo com pouco mais de um minuto mostra ela desrespeitando e não aceitando uma ordem policial. A apoiadora da presidente afastada Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (#PT), cismou que deveria continuar na manifestação contra a petista. Hostilizada, ela se negou a sair. Em alguns vídeos, ela aparece rindo ou sorrindo enquanto os manifestantes mandam ela ir embora. Já nessa publicação, ela chega a dar tchauzinho para as dezenas de pessoas que acham um absurdo ela estar ali. 

No vídeo, o policial diz que Letícia também estava hostilizando as demais pessoas e que ela sabia que ali haveria uma manifestação.

Publicidade
Publicidade

Ele pede então que ela o acompanhe. A apoiadora de Dilma não aceita e diz que as pessoas não vão ter coragem de fazer nada com ela. O policial então informa que está fazendo o seu trabalho e que não pode ir embora, pois a vida dela estava claramente em risco por conta da situação política conflitante das duas partes. Vencida, Sabatella se escora em uma barra de ferro e começa a filmar os manifestantes que gritam contra ela. 

Rindo, ela até dá tchauzinho para os que protestam. Nesse momento, o rosto da atriz já estava completamente sujo e um pó verde e amarelo jogado por manifestantes. Nesta segunda-feira, Letícia foi até à uma delegacia de Curitiba, no Paraná, onde prestou queixas contra os manifestantes. De acordo com ela, as pessoas não queriam argumentar e a agrediram física e verbalmente. 

Através do Facebook, Dilma publicou uma nota em solidariedade à sua apoiadora.

Publicidade

Quem também se pronunciou defendendo a contratada da TV Globo foi o Ministro da Cultura, Marcelo Calero. Ele disse que não é possível que o ódio continue a ser disseminado na sociedade e que também passou por uma situação parecida recentemente. Calero disse que está processando o agressor, que ele não identificou.

Veja abaixo o novo vídeo que mostra toda a confusão. Na sua opinião, a apoiadora de Dilma também provocou o povo?

#Governo