Nesta quinta-feira, 04, o juiz federal Sérgio Moro foi convidado para participar de uma reunião na Câmara dos deputados, em Brasília. Nela, ele discursou a respeito das 10 medidas elaboradas pelo Ministério Público Federal para acabar com a #Corrupção no Brasil. Antes de começar a falar, no entanto, Moro precisou passar pelos muitos corredores da Câmara até chegar à sessão em que participaria. Durante o trajeto, ele foi bastante ovacionado. Muitas pessoas gritaram parabéns e mandaram ele continuar o seu trabalho, que teve grande destaque durante a Operação Lava-Jato, que já está em vigou há mais de dois anos e acabou se destrinchando em outras operações da #Justiça com o apoio da Polícia Federal. 

Já na Câmara dos deputados, Sérgio Moro disse que muitas vezes a Justiça parece fazer um trabalho solitário, pois os políticos e empresários sempre tentam fazer manobras para barrar as investigações contra eles mesmos.

Publicidade
Publicidade

Moro é um dos principais responsáveis por descobrir, por exemplo, que a Petrobrás teve milhões de recursos desviados para esquemas que beneficiaram crimes. Por conta do seu trabalho, ele recebeu da revista americana Time o título de um dos 100 homens mais influentes do planeta. Apesar disso, no entanto, ele também é vítima de muita pressão. 

Na semana passada, por exemplo, a mídia brasileira descobriu que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com uma petição na Organização das Nações Unidas pedindo que o representante da Justiça brasileira fosse de alguma maneira embargado. A ONU disse que pode demorar até dois anos para ler o documento que, segundo especialistas, seria o primórdio de um possível pedido de asilo no futuro, caso a vida judicial de Lula se complique. Também na semana passada, a Justiça Federal do Distrito Federal incluiu o petista como um dos réus da Lava Jato, acusando ele de obstrução da Justiça. 

Veja o vídeo que mostra o momento em que o juiz federal Sérgio Moro chega na Câmara dos deputados e é muito bem recebido por dezenas de pessoas. 

#Governo