Ao ser procurada para receber intimação, a esposa do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) não foi encontrada. Devido esse contratempo, o juiz Federal Sérgio Moro exigiu que a mesma informasse imediatamente o endereço da sua atual residência. A mulher do deputado é ré em uma ação penal em andamento na Operação #Lava Jato. A senhora Cunha, Cláudia Cruz, é acusada de evasão de divisa e lavagem de dinheiro de pode chegar até US$1 milhão procedente de delitos realizados por seu marido, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, em um esquema de suborno na Petrobras.

O juiz Sérgio Moro, em despacho ocorrido na última terça-feira (9), falou que as audiências das testemunhas de acusação já foram planejadas para o próximo dia 26 de agosto, só que está tendo dificuldades para encontrar a acusada, Cláudia Cordeiro Cruz, para que possa ser entregue a intimação pessoal.

Publicidade
Publicidade

Não havendo endereço para a entrega da intimação, já que o endereço existente no processo é o da residência da Presidência da Câmara, hoje já não mais ocupada pela ré e seu esposo (as chaves da residência oficial foram devolvidas por Eduardo Cunha desde o dia 1º de agosto), explicou Moro. A defesa da acusada foi procurada, através de telefonemas, mas não definiu objetivamente onde a mesma estaria morando.

Sérgio Moro foi categórico ao afirmar que é de obrigatoriedade da defesa deixar o juiz a par sobre qualquer eventual mudança de domicílio do seu constituinte. Moro ainda afirmou que não está havendo uma forma de tentar esconder a acusada, mas sim de aumentar o prazo, por parte da defesa, para a entrega da declaração em relação ao despacho, no caso, a audiência. Essa recusa de fornecer o atual endereço de Cláudia Cordeiro Cruz viola o dever processual, além de prejudicar o rumo do processo, sendo assim, obrigado a tomar essa decisão, por parte do magistrado, que é intimar a defesa da acusada para que possa fornecer o atual endereço e onde a mesma pode ser encontrada.

Publicidade

O juiz aguarda a resposta da defesa para realizar a intimação.  #Crime #Corrupção