O portal Congresso em Foco divulgou nesta segunda-feira (15) um levantamento que mostra a clara diferença de postura entre o presidente interino, Michel Temer, e a presidente afastada, Dilma Rousseff. Segundo o portal, o peemedebista recebeu 72 parlamentares em seus 90 dias de governo, enquanto a petista, em um mandato e meio, recebeu apenas 66 integrantes do Congresso Nacional. 

Esses números demonstram uma clara diferença de estilos entre Temer e Dilma. Uma das principais críticas que a presidente sofria durante seu governo era a falta de diálogo com a base aliada e o gosto por centralizar todas as decisões em si. Já Temer é conhecido desde os tempos de presidente da Câmara dos Deputados como um bom articulador nos bastidores.

Publicidade
Publicidade

Segundo o Congresso em Foco, nos 2.007 dias de governo, Dilma realizou apenas 67 reuniões com os parlamentares. Já Temer, em apenas 90 dias, comandou 12 encontros. Fazendo um calculo por cima, Dilma se reuniu uma vez a cada mês, enquanto Temer realizou as reuniões semanalmente.  #Michel Temer #Dentro da política