Coube ao presidente em exercício Michel Temer, do PMDB, fazer a abertura oficial dos jogos olímpicos do Rio de Janeiro na noite desta sexta-feira, 05, no Maracanã. Até então, o presidente não havia sido citado durante praticamente toda a cerimônia, que durou praticamente quatro horas. "Declaro aberta a Olimpíada do Rio de Janeiro", disse o peemedebista. Durante esta fala, o homem que tirou do poder a presidente afastada Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT), recebeu vaias e aplausos. Houve um certo temor de que a rejeição de Temer fosse maior. 

No entanto, para o espanto até do governo, muitos brasileiros aplaudiram Temer em um momento em que o país passa por uma das suas maiores crises econômicas e políticas de toda a história.

Publicidade
Publicidade

É bom lembrar que em 2014 a presidente Dilma foi sumariamente vaiada ao fazer a abertura da Copa do Mundo do Brasil. Antes de ir ao Maracanã, #Michel Temer brincou e disse que já estava se preparando pelas vaias. Ao redor do maior estádio do país, também foram feitas diversas manifestações contra o governo dele e a favor de Dilma, que preferiu não ir à festa. Em uma rede social, a petista disse que estava muito triste