Equador, Bolívia e Venezuela anunciaram que vão romper relações com o Brasil após o anúncio da deposição de Dilma Rousseff da presidência do país. O país governado por Nicolas Maduro, por exemplo, foi o primeiro a anunciar a retirada de seu representante do Brasil. Em uma nota extremamente polêmica, o governo de esquerda afirmou que decidiu “congelar as relações políticas e diplomáticas com o governo surgido desse golpe parlamentar” e retirar “definitivamente” seu embaixador do país. O texto continua e diz que a a Venezuela condena a ruptura da diplomacia no país que agora é governado por Michel Temer, do PMDB. O comunicado diz aina que o fato de Temer assumir um cargo sem votos é ilegal e cita que Dilma teve mais de 54 milhões de votos na última eleição, em 2014.

Publicidade
Publicidade

Lembrando que no pleito Michel foi eleito como vice, tendo os mesmos votos que a representante do Partido dos Trabalhadores (PT). 

O comunicado da Venezuela chegou a virar piada na internet, já que o país é considerado uma ditadura de esquerda, mas fala de ruptura de democracia. O presidente do Equador, Rafael Correa, foi outro que chamou de volta o embaixador de seu país. Ele chama Temer de traidor. Oficialmente, o Ministério das Relações Exteriores do Equador disse que existe um desvio da ordem das coisas no Brasil. O Equador já havia avisado que caso existisse até o fim de fato o impeachment, que agiria com mais radicalidade. É bom lembrar que o Brasil é o maior país do bloco econômico do Mercosul e todos esses países de esquerda dependem fortemente da economia local.

Publicidade

Ou seja, quando o Brasil vai mal, eles tendem a também ir mal. 

Na contramão do discurso do Golpe, a Argentina lembrou que a pátria de bandeira verde e amarela sempre foi amiga e que o impeachment seguiu as leis da constituição local. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que está confiante para que as relações entre os dois países continuem firmes e fortes. Ele garantiu que, no que depender dele, nada irá mudar entre as duas nações.  #EUA