Está circulando na internet durante todo este domingo, dia 31 de julho, um vídeo da atriz Letícia Sabatella sendo hostilizada em um ato contra a presidente afastada Dilma Rouseff (PT) na cidade de Curitiba. Nas imagens, a apoiadora da governante ouve ameaças e até mesmo é requerida a se retirar do local por que muitos acreditam que ela não deveria estar ali, já que o protesto é contra Dilma.

A manifestação aconteceu na Praça Santos Andrade, em Curitiba. No local, centenas de pessoas se posicionaram a favor de Michel Temer (PMDB), vice que entrou no lugar de Dilma para ela ser investigada por crime de responsabilidade. A hostilidade dos participantes do protesto cresceu tanto que a atriz global precisou ser escoltada pela força policiais para conseguir sair do local.

Publicidade
Publicidade

Letícia foi xingada muitas vezes e respondeu dizendo:

"Isso que vocês fazem não é democracia."

Em resposta, uma manifestante disse que "a nossa bandeira jamais será vermelha", se referindo ao suposto domínio do Partido dos Trabalhadores sobre o Brasil.

Vídeo polêmico

Letícia aproveitou para registrar a confusão gerada na praça e postar em sua rede social. Por meio de seu Instagram, ela confessou que não provocou ninguém que estava lá, apenas foi para o local.

"Não fui provocar ninguém, passava pela praça antes de começar a manifestação e parei pra conversar com uma senhora. Meu erro. Preocupa está falta de democracia no nosso Brasil. Eles não sabem o que fazem", disse.

Em meio a gritos, a atriz registrou pessoas dizendo: "Acabou a mamata para vocês, chora petista".

Outras pessoas que passavam pelo local também fizeram imagens de Letícia Sabatella em Curitiba.

Publicidade

É possível ouvir gritos de pessoas mandando que a empurrassem. Algumas pedem que ela se retire e "não volte nunca mais".

Em sua rede social, Letícia recebeu apoio de seus fãs e pessoas que estão torcendo por Dilma. Ainda é possível também notar uma invasão de comentários negativos, que culpam a petista pela crise econômica e os altos índices de desemprego que o país tem vivenciado. Outros acusam Dilma de ferir os preceitos da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), ao autorizar por meio de decreto a abertura de créditos suplementares.

Assista a algumas imagens:

#Política #Dilma Rousseff #Impeachment