Dois caminhões saíram de mudança do Palácio do Alvorada em Brasília, até o RS, com a mudança da ex-presidente do Brasil #Dilma Rousseff.

A ex-presidente Dilma Rousseff tratou de tirar suas coisas do Palácio do Alvorada, em Brasília, e partir com a mudança para um sítio de sua família, localizado no Rio Grande do Sul.

Os caminhões que continham cerca de 18 toneladas de carga, chegaram no Palácio do Alvorada na manhã desta terça-feira para carregar toda a mudança da ex-presidente. Cada caminhão teria sido alugado no valor de 15 mil reais.

Enquanto funcionários da empresa de mudança contratada fazia o serviço e embalava a mudança da ex-presidente, simpatizantes da mesma se manifestavam em frente ao palácio e diziam não aceitar o afastamento da presidente.

Publicidade
Publicidade

Segundo boatos, Dilma ficaria agora entre o Rio Grande do Sul e o Rio de Janeiro, onde sua mãe teria um apartamento familiar. Muito triste ela diz que não está levando somente a sua mudança, mas toda a sua vida que deixou ali para todos os brasileiros.

Sua chegada no Rio Grande do Sul

A chegada até o Rio Grande do sul está marcada para esta terça feira por volta das 20 horas. Pela manhã Dilma deverá se encontrar com Miguel Rossetto, que estaria organizando um grande ato político para recebê-la. Aproveitando também para poder dar uma considerável alavancada em sua candidatura para o governo do Rio Grande do Sul, prevista para 2016, Miguel Rossetto diz apoiar totalmente a ex-presidente afastada e que confia na sua total inocência.

Além do cargo, também deixaria pra trás todos os seus presentes recebidos por chefes de Estado.

Publicidade

Segundo informações, ninguém teria dado entrevista na hora da mudança, e também Dilma não teria aparecido nem ao menos para falar com os fotógrafos que estariam aglomerados na frente do palácio desde a noite passada. Rumores de que a presidente estaria chegando por volta de 30 minutos antes dos caminhões seguirem viagem, apenas para confirmar se estaria tudo certo, ou se teriam esquecido de algo de sua preferência.