Quando o cidadão se abstém de um direito, que é o voto, com certeza, sua vida estará sendo direcionada por um caminho que não poderá questionar a trajetória.

Quem não sabe onde vai, não chega a lugar nenhum. Assim é a vida do alienado político, pois, ao se isentar da colaboração social, na eleição dos representantes políticos, permite que a sua vida seja governada por outros, porém, com objetivos adversos aos seus e de sua família.

#Política pode parecer algo mau, mas não é em sua essência. Encontramos, na realidade, maus políticos, homens que fazem da política profissão e, querendo se perpetuar no poder, se esquecem de que o poder não é deles e sim do povo que representam.

Publicidade
Publicidade

Por esse entendimento, alguns políticos levam a boa política para a vala comum. Um esgoto de corrupção e interesses, onde o bem comunitário passa a ser o partidário e o enriquecimento dos governantes.

É preciso conhecer o político ideologicamente. Perceber a história do mesmo e se a sua conduta partidária é coerente. Muitos políticos criaram a fábrica de fazer política, onde produzem apenas verborragia ilusionista e nada que advenha de benefício ao seu eleitorado acontece.

Portanto, é preciso entender que não basta boa retórica e palanque, pois, na maioria das vezes, esses políticos falam muito bem, aliás, sabem fazer promessas e falam aquilo que o eleitorado quer ouvir, mas não colocam em prática suas promessas de campanha.

Tudo isso é realidade, mas não pode ser o motivo de se alienar da política, pois, fazendo assim, não modificará a realidade política, mas permitirá que os maus políticos continuem no poder.

Publicidade

É preciso votar sempre, pois mesmo que o seu candidato não seja o da maioria, ainda assim, é o seu candidato e conta com o seu voto.

Estamos vivendo um momento político indescritível em nosso país. As máscaras estão caindo e, com certeza, é época de mudanças. Esse é o momento de confiar no seu voto e deixar de lado as pesquisas políticas. Nem tudo que falam é verdade, portanto, não deixe de ter um ideal e lutar por ele, pois, de alguma forma, nossos representantes aspiram por fazer do nosso bairro e da nossa cidade, um lugar melhor.

Não seja um alienado e sim um cidadão participativo das necessidades comunitárias, pois, com certeza, o bem comum atingirá o benefício de todos, pois ninguém vota, para o seu bem e o mal do outro, dessa forma, no final, quem ganha é a sociedade.

  #STF #Eleições 2016