#Dilma Rousseff não quer mais saber de #Política. Após a surra que levou da oposição e ao ver a falta de apoio do PT, a ex-presidente quer dar um tempo. José Eduardo Cardozo, o advogado que fez de tudo para salvar Dilma, avisou à sua cliente que ela tem sim, o direito de voltar a se candidatar a qualquer cargo que desejar, mas a petista já avisou a Kátia Abreu, que é do PMDB, que nem pensa em disputar nas urnas, pelo menos por enquanto.

Em seu blog, Kátia Abreu revelou que não existe a menor hipótese da amiga petista se candidatar e revelou uma confissão de Dilma a ela: "Não quero ser candidata a nada".

Kátia esteve com Dilma no último dia 31, quando foi visitá-la com a família.

Publicidade
Publicidade

Elas se encontraram pouco depois dos senadores aprovarem o impeachment e colocar um ponto final no mandato da petista, que continua afirmando ter sido vítima de um golpe. A peemedebista ainda brincou com Dilma, convidando-a para disputar uma vaga como senadora ou até mesmo como deputada federal, representando o estado de Tocantins, ao que ouviu prontamente: "Nunca mais!"

Importante ressaltar que Kátia Abreu foi uma das principais articuladoras da forma como o impeachment foi realizando, sendo dividido em duas partes, sendo que primeiro o senado aprovou o afastamento definitivo de Dilma Rousseff e em seguida "derrubou" o afastamento a ex-presidente por 8 anos, deixando-o livre para se candidatar a qualquer cargo político, quando desejar.

Apesar de garantir que não volta mais à política, Kátia deixou escapar que Dilma espera receber convites, dando a entender que a ex-presidente pode até não se candidatar novamente, mas estaria aberta a ocupar um cargo político caso fosse convidada.

Publicidade

Ao ouvir de Dilma, se também está em dúvida se volta ou não para Porto Alegre, ou ainda, se passa a residir no Rio de Janeiro, Kátia lhe aconselhou a não voltar para a capital gaúcha, por causa do grande movimento anti-petismo que existe por lá, mas a ex-presidente se mostrou corajosa e revelou que não tem medo e anda de bicicleta pela cidade sem nenhum problema. #Eleições 2016