Terminou na madrugada de sábado, 10, o debate entre os candidatos à prefeitura do Rio de Janeiro, realizado pela RedeTV!. O candidato do atual prefeito (Eduardo Paes), Pedro Paulo, do PMDB, acabou sendo o mais atacado. Por ter mais tempo na televisão, os adversários acreditam que ele tem chances de subir nas pesquisas eleitorais a serem feitas em breve. Atualmente, segundo o Datafolha (pesquisa divulgada nessa semana), Pedro Paulo aparece em segundo lugar nas pesquisas, empatado tecnicamente com vários candidatos (Bolsonaro, Índio, Marcelo Freixo e Jandira Feghalli). Em primeiro está Marcelo Crivella, do PRB. 

Durante mais de duas horas de programa, Pedro Paulo foi atacado por um episódio polêmico do passado, quando sua esposa o acusou de agressão.

Publicidade
Publicidade

Muito irritada com os ataques, a candidata a vice do PMDB, Cidinha Campos, revoltou-se durante uma entrevista ao vivo dada logo depois do debate acabar. A revolta foi tão grande que ela perdeu até a boa educação, xingando ao vivo e levando um puxão de orelha da repórter que somente realizava o seu trabalho. "Vice não manda porra nenhuma", disparou ela.

Irritada com a forma como a candidata se dirigia aos telespectadores, a profissional da mídia disparou: "eu vou te pedir apenas que tenha respeito conosco". Cidinha, durante suas alegações, chegou a dizer que até os jornalistas teriam feito perguntas para atacar Pedro Paulo, chamando o debate de "muito ruim" e dizendo que a RedeTV! fez um ato "combinado" para atrapalhar a candidatura do peemedebista, que por sorte tem "a cabeça muito boa". 

Veja abaixo o vídeo que mostra o momento da confusão ao vivo.

Publicidade

Como o leitor pode observar, o vídeo tem pouco mais de duas horas. Por isso, para ver o exato momento em que a discussão aconteceu, vá até os 30 minutos finais, mais precisamente faltando 27 minutos e 15 segundos para o final, quando a repórter começa a entrevista com Cidinha Campos. 

No momento do palavrão, a repórter tinha perguntado a posição da candidata a respeito do Uber. Durante o debate, Pedro Paulo falou que era contra o aplicativo. Ela acabou não respondendo o questionamento.  #Governo #Eleições