Houve um tempo em que a população era facilmente ludibriada por políticos mal intencionados. Atualmente, grande parte do eleitor conhece seus direitos e os brasileiros estão aprendendo a cobrar as tão famosas promessas de eleição. Podemos dizer que a sociedade passou por um grande avanço nas últimas décadas, o que resulta em um melhor posicionamento de ideias.

Antigamente era fácil ludibriar a população com promessas infundadas que não chegavam em lugar algum. Os políticos discursavam, faziam muitas promessas, acabam comprando a confiança dos eleitores com cestas básicas, materiais de construção, ou alguma outra coisa que fosse de agrado do povo; principalmente as pessoas mais carentes acabavam encantadas com esse tipo de mimo.

Publicidade
Publicidade

E, com toda a inocência, acreditavam verdadeiramente que aquele candidato seria bom e cumpriria tudo que era prometido.

Mas, infelizmente não era o que acontecia e a população ficava sem as tão sonhadas melhorias. Na busca de vencer as eleições, os políticos fazem de tudo, mesmo. Nessa época de campanha, fica todo mundo de muito bom humor, são todos sempre sorridentes e simpáticos. É muito tapinha nas costas, aperto de mão, entram na sua casa para tomar um cafezinho, criancinha no colo para tirar foto nem se fala, é o que mais acontece.

No entanto, tanto carisma tem prazo de validade. Depois que ganham as eleições, ninguém nem consegue ver a cara da maioria deles. O povo conhece bem as táticas dos políticos em épocas de eleição. Claro que existem aqueles bem intencionados e sinceros verdadeiramente, porém ainda é a grande minoria.

Publicidade

O candidato a prefeito de Curitiba, Rafael Greca, não fugiu à regra. Greca fez um comentário, no mínimo, indelicado. Ao participar de uma sabatina, na noite desta quinta-feira (22), o ilustríssimo candidato disse que passou mal por conta de sentir o cheiro de pobre.

Segundo o candidato, ele coordenou um albergue durante 20 anos, mas nunca cuidou dos pobres. Eu não sou São Francisco de Assis. Até porque a primeira vez que eu tentei carregar um pobre no meu carro eu vomitei por causa do cheiro", falou Greca.

Assista o vídeo:

Depois que percebeu a gafe, o candidato fez uma postagem em sua rede social para dizer que não soube se expressar e pediu desculpas. Ele aparecia em primeiro lugar em uma pesquisa divulgada na segunda-feira (19); Rafael Greca tinha 45 % das intenções de voto para a eleição 2016. #Curiosidades #Eleições 2016