Uma revolução pode acontecer na política em breve. O deputado federal Vitor Valim, eleito pelo PMDB do Ceará, dará entrada na próxima terça, 13, em projeto de lei que prevê a realização de exame antidoping na política brasileira. A informação foi confirmada nesta quinta-feira, 08, pela Coluna Radar, do site da Revista Veja. O exame toxicológico seria uma das condição para diplomação de candidatos eleitos. Quem não passasse nos exames, a não ser que comprovasse alguma medicação com uso da droga indicada nos exames, estaria automaticamente fora do cargo que venceu. Com isso, entraria em seu lugar o candidato suplente do mesmo partido, que é o mais votado dos que não conseguiram uma cadeira na Câmara dos deputados.

Publicidade
Publicidade

Já no caso dos Senadores, quando eleitos, estes já tem três suplentes. Os nomes desses aparecem nas urnas eletrônicas durante as eleições. Apenas depois de todos esses nomes usados é que o partido pode indicar uma nova pessoa para o cargo. Os suplentes de Senadores são muito utilizados em diversos momentos, como quando esses ganham um Ministério ou Secretaria estadual de #Governo. Outra forma comum de atuação do suplente é na corrida eleitoral, quando os Congressistas costumam ficar mais longe de Brasília na tentativa de ganhar votos. 

O deputado Vitor Valim argumenta que hoje muitas profissões já exigem que o candidato a ocupá-las esteja "limpo". Ele cita o caso dos motoristas de caminhão, que  necessitam de apresentar um resultado negativo para o consumo de algumas substâncias, como maconha, cocaína e heroína.

Publicidade

Esse exame é obrigatório na hora de fazer a renovação da habilitação. Muitas dessas substâncias costumam ficar pelo menos seis meses no corpo humano. Para o parlamentar, a mesmo exigência deve ser feita de quem queira assumir cargo eletivo.

Recentemente, o Senador Ronaldo Caiado, do Democratas de Goias, acusou o rival, Lindbergh Farias de estar drogado. A discussão acontecei em meio à votação do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (#PT).