Em pouco tempo oficializado como presidente do Brasil, #Michel Temer já possui alguns fatores para se preocupar. Após assumir a presidência com o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, Temer vem enfrentando uma série de atos que mostram a insatisfação de uma elevada fração da sociedade brasileira.

Em pesquisa realizada pelo Ibope e revelada nesta quinta-feira (29), números extremamente negativos foram mostrados acerca do atual #Governo.

Na capital paulista, cidade em que a pesquisa foi realizada, Michel Temer tem um índice de reprovação quase três vezes maior do que o de aprovação. De acordo com os resultados, há 42% dos paulistanos que consideram o Governo atual como ruim ou péssimo, contra apenas 12% que o consideram bom ou ótimo.

Publicidade
Publicidade

Para 31% dos entrevistados, a situação está regular e outros 15% não souberam responder à pergunta.

A pesquisa foi encomendada junto à TV Globo pelo jornal ‘O Estado de São Paulo’. Para comprovar como os números são preocupantes para o Governo, na comparação com o atual prefeito Fernando Haddad, candidato à prefeitura da cidade com maior taxa de rejeição entre os atuais concorrentes, Temer fica abaixo no índice de satisfação dos paulistanos.

A gestão do atual prefeito é considerada boa ou ótima por 18% dos entrevistados, regular por 36% e ruim ou péssima por outros 45%. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais e foram analisadas opiniões de pessoas de todas as regiões da cidade.

Outros dados revelados pela pesquisa foram acerca do governo estadual. Geraldo Alckmin, atual governador de São Paulo, possui um gestão considerada ruim ou péssima por 35% dos cidadãos; 40% consideram o governo regular e apenas 21% estão satisfeitos com a atual gestão estadual.

Publicidade

As eleições municipais ocorrem no próximo domingo (02) e elegerão os futuros prefeitos e vereadores. Para as cidades com mais de 200 mil eleitores, há a possibilidade de ter um segundo turno, que está marcado para ocorrer no dia 30 do mesmo mês.

Qual a sua satisfação a respeito do atual Governo? Opine e compartilhe esta notícia!