Na última terça-feira (27), um fato marcou o gabinete da presidência que se situa no terceiro andar do #Palácio do Planalto. A secretária de #Michel Temer atendeu a ligação de alguns funcionários da empresa de telefonia "NET" que estavam à procura da ex-presidente Dilma Rousseff.

No diálogo, a funcionária de telemarketing disse que gostaria de falar com Dilma Vana. Educadamente, a secretária de Temer disse que #Dilma Rousseff não estaria trabalhando mais no local e que agora ela se encontra em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. A funcionária talvez não tenha compreendido quem era a Dilma que ela se referia, e insistiu pedindo um número de telefone de Porto Alegre para entrar em contato.

Publicidade
Publicidade

A secretária da presidência disse que não teria o telefone de Dilma, mas a funcionária da "NET" insistiu mais uma vez, perguntando em qual horário ela poderia falar com Dilma Vana. A resposta da secretária foi enfática e enfatizou que a Dilma que a funcionária está procurando, é Dilma Vana Rousseff, que não é mais presidente do Brasil, sendo o presidente atual Michel Temer.

Após a explicação da secretária, a atendente agradeceu a ligação e desligou. Porém, outro funcionário da "NET" entrou em contato com o gabinete, e a secretária teve que contar novamente de quem era o telefone que eles estavam ligando. 

Não satisfeita, a primeira telefonista ligou novamente para o número procurando por Dilma e fazendo várias perguntas para confirmar a vericidade das informações da secretária sobre o telefone realmente ser do gabinete do presidente da República, Michel Temer. 

Ex-presidente Dilma

Dilma Rousseff foi desvinculada do cargo de presidente do Brasil, após sofrer um processo de impeachment no Senado Federal.

Publicidade

O partido de Dilma é acusado de crimes de corrupção, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva agora é réu pela operação Lava Jato sendo acusado de crimes, como lavagem de dinheiro e corrupção, Dilma acredita na inocência de Lula e não acha que iriam ter coragem de colocá-lo na prisão, pois em sua opinião, isso o tornaria um "herói".