Nesta última quarta-feira (14), o Ministério Público Federal (MPF) apresentou sete denúncias de #Corrupção e mais 64 crimes de lavagem de dinheiro envolvendo o ex-presidente da República, Luiz Inácio #Lula da Silva. O MPF citou pagamentos de propinas feitos pela OAS e esquemas de corrupção que beneficiaram o Partido dos Trabalhadores (PT). Lula foi citado como um dos maiores beneficiados da fraude corrupta da Petrobras, e o MPF apresentou vários projetos ilícitos das quais o ex-presidente está sendo acusado. 

Internautas invadiram redes sociais de Lula e a página do político no Facebook serviu para muitos depositarem suas indignações.

Publicidade
Publicidade

Um usuário da rede postou uma "hashtag" que pede a prisão do ex-presidente e enfatizou que esse é seu desejo. Lula fez um depoimento no Facebook antes mesmo da Lava Jato apresentar as denúncias, na qual enfatizou que não é dono de nenhum triplex no litoral paulista, Guarujá e disse que a Operação Lava Jato está tentando "atribuir desesperadamente" o imóvel a Lula. 

Em seguida, internautas começaram a rebatar a mensagem de Lula, dizendo que ele é sim, o verdadeiro dono do imóvel e muitos usuários se mostraram irritados com a situação. Um internauta afirmou que o "Brasil precisa acordar" e se questionou se ainda há pessoas que acreditam em Lula e no PT. Outro usuário ironiza o ex-presidente dizendo que ele é a pessoa mais "honesta" do país, e colocou "risos" no final da frase. 

Uma internauta disse que o MPF fez um "desenho" para explicar para um "povo que sofreu lavagem cerebral" sobre a atual situação do político Lula. 

Após o MPF apresentar as denúncias contra Lula e sua esposa Marisa Letícia, em sua página no Facebook foi feita uma nota afirmando que Lula e Marisa Letícia repudiam as acusações que a Lava Jato faz sobre o ex-presidente.

Publicidade

Utilizaram a palavra "ilusionismo" para enfatizar que tudo não passaria de um grande truque. 

Nesta quinta-feira (15), Lula se pronuncia sobre as acusações feitas pelo Ministério Público Federal com a Operação Lava Jato.  #Governo