André Moura (PSC-SE) foi por muito tempo um dos principais aliados do ex-presidente da Câmara e ex-deputado, #Eduardo Cunha (PMDB-RJ), dentro do seu jogo de poder. Moura é o atual líder do governo de Michel Temer na Câmara dos Deputados, indicação de Cunha, uma cortesia de seu aliado político como ainda tentativa de exercer seu poder na Casa Legislativa.

Moura era figura certa no Conselho de Ética da Câmara defendendo Cunha e apontado como um voto certo em favor do agora ex-deputado. Quando Eduardo Cunha foi afastado da presidência da Câmara, Moura era um dos deputados que mais iam visitar o até então presidente afastado em sua residência oficial para receber conselhos e ordens do senhor Eduardo. 

Depois de tantas associações de um para com o outro, quando Cunha mais precisou de Moura não pode contar por completo.

Publicidade
Publicidade

O líder do governo Temer se absteve e não votou no processo que culminou com a cassação de Cunha. A justificativa é simples: segundo ele, como líder de Temer, não deveria se envolver na votação e transparece que o Planalto estaria tentando trabalhar para evitar a cassação de Cunha. #Dentro da política