Em sua passagem pelo Nordeste, o ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva voltou a fazer várias críticas à Operação #Lava Jato. De acordo com o ex-presidente, o Ministério Público Federal (MPF) é uma instituição séria, mas que tem funcionários bons e ruins. Quando há exagero por parte da Polícia Federal (PF), Receita Federal e outros membros da instituição, afeta a democracia no país, disse Lula.

O petista citou o episódio em que a PF foi até sua casa, revirou colchões procurando dinheiro, como se ele fosse um bandido. O petista não concordou com essa atitude da polícia. "Não sei onde esse pessoal da Lava Jato quer chegar", falou Lula.

Publicidade
Publicidade

Segundo o petista, a Operação Lava Jato deveria realizar investigações de uma forma diferente, sem "quebrar" empresas. 

Lula disse que respeita a lei, mas que não está tendo seu direito de defesa respeitado. Nos dias de hoje, o líder do PT ressaltou que as manchetes já criam as informações sem terem conhecimento do que realmente está acontecendo e isso prejudica a vítima.

Moro e Globo

Lula criticou a teoria equivocada do juiz paranaense de que para condenar alguém é preciso distorcer a imagem da pessoa nos meios de comunicação. "Isso é algo que Moro construiu junto com a Globo", afirma Lula. Para o ex-presidente, a imprensa virou partido político e várias mentiras são divulgadas confundindo as pessoas.

Ex-ministro Mantega

Lula aproveitou para falar também sobre a prisão do ex-ministro Guido Mantega.

Publicidade

Lula disse que foi uma grande decepção essa ação da PF. "Como podem prender alguém que está na sala cirúrgica com a esposa?", questionou o ex-presidente.

O ex-presidente comentou que essa atitude foi uma crueldade com Guido Mantega e um grande desrespeito a quem já foi ministro da Fazenda por oito anos.

Mais para o final de sua entrevista à 'Rádio Jornal" de Pernambuco, o petista disse ainda estar indignado com o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e chamou essa decisão de "golpe parlamentar".

Lula passou por sete cidades no Nordeste apoiando candidatos do PT para a próxima eleição. #Sergio Moro