Na tarde desta quinta-feira, 15, o ex-presidente da República, Luiz Inácio #Lula da Silva, o Lula, realizou um pronunciamento de uma hora e oito minutos em que fez um resgate da sua história, pediu respeito à família e demonstrou orgulho de ser o líder do Partido dos Trabalhadores, o #PT. O discurso foi feito um dia depois que o Ministério Público Federal o denunciou por corrupção e lavagem de dinheiro.

Em uma detalhada apresentação visual, na quarta, o procurador Deltan Dallagnol, líder da "força-tarefa" das investigações da operação Lava Jato, explicou a participação de Lula em casos de corrupção como no triplex do Guarujá e ainda apontou o ex-presidente como o "comandante máximo do esquema de corrupção na Petrobras", o chamado Petrolão.

Publicidade
Publicidade

Acompanho do presidente do PT, Rui Falcão, do ex-ministro Jaques Wagner, dos senadores petistas Gleisi Hoffmann e Lindbergh Farias, além de outras lideranças partidárias e correligionários, Lula discursou e chegou a se emocionar em alguns momentos de sua fala. Ele pediu respeito à sua família, em especial sua esposa Marisa Letícia, que também foi denunciada pelo MPF.

"Olha, eu ia trazer a dona Marisa aqui comigo, mas os meus filhos pediram para almoçar com ela hoje e ela não veio. Eu não conheço os meninos (procuradores que apresentaram a denúncia), mas sei que eles também têm família. Eu tenho família. Queria que respeitassem a minha família. Igual à dona Marisa Letícia não existe nenhuma", se emocionou Lula.

Já na parte final do pronunciamento, Lula trouxe de volta o seu lado militante e líder partidário.

Publicidade

Ele retirou o casaco e ficou apenas com a camisa do PT, se permitindo dar um beijo na estrela do partido. Na sequência, falou diretamente aos correligionários.

"Quero dizer a quem não gosta, a quem odeia o PT... Quero convocar os petistas a saírem nas ruas para andar com a camiseta vermelha do PT. Quem não gosta sai com outra cor. Mas nós temos que ter muito orgulho porque ninguém nunca fez pelo Brasil o que esse partido fez", encerrou.