O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desabafou nesta terça-feira, 20, após virar réu de novo na principal operação do país, a Lava Jato. Ele disse que o país vive o que denominou como 'grande anomalia do mundo da política'. O juiz federal Sérgio Moro, que atua em segunda instância, aceitou a representação contra o petista feita pelo Ministério Público Federal na semana passada, na qual acusou o ex-presidente de receber benefícios ilegais por conta de seu relevante nome na aquisição de um triplex, no Guarujá, São Paulo.

As declarações, segundo o site do jornal 'O Estado de São Paulo', foram feitas durante uma transmissão de um evento, ao vivo, feito nos Estados Unidos, mais precisamente na cidade de Nova York. "Estou muito triste que o juiz (Sergio) Moro aceitou a denúncia contra mim, mesmo sendo uma farsa, uma grande mentira", reclamou o aliado da ex-presidente Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (#PT). 

De acordo com o ex-líder sindical, apesar das incursões feitas na Justiça, ele, a mulher e os demais denunciados tinham advogados.

Publicidade
Publicidade

Essa é a segunda vez que #Lula vira réu na Lava Jato. Ele já responde à Justiça federal do Distrito Federal, que o acusa de tentar atrapalhar as investigações da principal operação em vigor no país. 

O ex-presidente ainda voltou a dizer que não existe qualquer prova contra ele, mas que se apresentarem pelo menos uma, ele mesmo vai andando até a polícia. Lula pede para ser julgado como uma pessoa comum e diz que não é privilegiado, mas que não quer uma mentira pelo fato de ser político. Com o discurso de vitimização, ele consegue muitos adeptos. 

A plateia que ouviu o discurso em Nova York aplaudiu o ex-líder sindical e gritou frases de ordem. Em seu despacho, o juiz Sérgio Moro chegou a lamentar que Marisa Letícia tenha caído também na investigação, mas diz que sua posição era realmente complicada, mesmo que não haja clareza dela saber ou não ou participar de esquemas envolvendo propina.

Publicidade

Marisa chegou a ser flagrada por escutas mandando os brasileiros enfiarem as panelas no ânus.  #SérgioMoro