Nesta quarta-feira, 28, o Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Ceará anunciou a cassação da chapa política que definiu a candidatura de Dona Bil, mãe do cantor #Wesley Safadão e candidata à reeleição como vice-prefeita de Aracoiaba.

Dona Bill, ou Maria Valmira, é filiada ao Partido Republicano e foi vice prefeita de Antônio Claudio, do Partido da Social Democracia Brasileira, nos últimos quatro anos. Com a cassação da chapa, não é apenas Bill que perde o direito de disputar as #Eleições do próximo domingo, mas também Antônio Claudio, uma vez que a cassação da chapa deixa ambos inelegíveis.

A juíza da 67ª Zona Eleitoral, Cynthia Nóbrega Pereira, concluiu que houve crime de abuso de poder econômico após a doação de ambulâncias compradas com o dinheiro público, mas anunciadas como doações pessoais dos candidatos.

Publicidade
Publicidade

Além disso, as doações foram divulgadas no site da prefeitura, o que a juíza também considerou como uma propaganda desleal, pois colocou em desvantagem os concorrentes e viciou a intenção de votos dos eleitores ao ver que os atuais governantes da cidade e candidatos à reeleição, fizeram uma doação de impacto social para uma região do município.

Os candidatos devem recorrer à justiça para anular a decisão da magistrada e Antônio já usou as redes sociais para lamentar o fato, o que ele chamou de “golpe baixo” e incentivou a população a votar nele no próximo domingo. Após um texto político, Antônio afirmou que ele não se calaria e que continuaria na luta. Dona Bill ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

Caso não consigam reverter a decisão, o futuro prefeito da cidade de Aracoiaba será o doutor Ary do PROS ou o doutor Thiago Campelo do PDT.

Publicidade

As eleições desse município só tinham três candidatos aptos a disputar a prefeitura. Devido à decisão da justiça ter saído poucos dias antes das eleições, os números dos candidatos já estão gravados nas urnas, que começarão a ser distribuídas nos colégios eleitorais a partir de sábado, logo, o número de Antônio e Bill aparecerão e poderão receber votos. Caso ganhem e um recurso seja aceito, assumem a prefeitura no próximo ano, provavelmente, após muitos outros recursos dos adversários que se sentirão lesados com a eventual decisão que os beneficie. #Eleições 2016