A última pesquisa de intenção de voto para a prefeitura de São Paulo divulgada pelo Instituto Ibope, nesta quarta-feira (28), mostra João Dória (PSDB) em primeiro lugar, seguido por Celso Russomano (PRB), Marta Suplicy (PMDB) e Fernando #Haddad (PT), mas as pesquisas realizadas pelos próprios partidos mostram que o candidato petista pode ir ao segundo contra o adversário tucano.

Para o Ibope, Dória tem 28% da intenção de #Votos do eleitorado paulista, contra 22% de Russomano e 16% de Marta. Haddad é apenas o quarto, com 13% da preferência. As pesquisas tracking, realizadas por PT, PSDB e PMDB mostram um cenário que pode resultar na ida de Haddad ao segundo turno.

Publicidade
Publicidade

Confira.

PT

Segundo a revista Brasileiros, o tracking do Partido dos Trabalhadores mostra João Dória na primeira posição, com 32%, enquanto Celso Russomano tem 19% e Fernando Haddad 17%. Há aí, portanto, um empate técnico para definir quem enfrentaria Dória no segundo turno. Marta aparece com apenas 11%.

PMDB

Os números do Partido do Movimento Democrático Brasileiro são parecidos: o tucano Dória lidera, com 28%, enquanto Russomano, com 18%, e Haddad, com 16%, aparecem na sequência.  A pesquisa do PMDB mostra Marta, candidata do partido, com 11%.

PSDB

A pesquisa do Partido da Social Democracia Brasileira confirma que João Dória está à frente dos demais candidatos ao cargo de prefeito da cidade de São Paulo. Ele aparece com 31%, bem à frente de Haddad e Russomano, que estão empatados com 19%, cada.

Publicidade

Marta cai um ponto em relação à pesquisa de PT e PMDB e tem apenas 10%.

Pesquisa tracking

Tracking nada mais é do que uma pesquisa de mercado. No caso dos partidos políticos, que têm essa prática há anos, é uma forma de verificar como o seu candidato está na disputa. Os números estão diferentes daqueles apresentados pelos institutos conhecidos, mas pode se confirmar no próximo domingo, dia de 2 de outubro.

PT x PSDB

Caso se confirme a virada de Haddad na reta final, teremos uma disputa PT x PSDB na esfera municipal. Já dá para imaginar que os ânimos estarão acirrados. Haja coxinha e mortadela nos debates acalorados que tomarão conta da maior cidade do país. #Eleições 2016