Rodrigo Janot, Procurador-Geral da República, admite a lentidão dos casos em julgamento no #STF. Diz Janot que a culpa não é do STF, e sim porque o Tribunal não foi feito para formar processo, e sim para julgar recurso. Declara ainda que quando se inverte a lógica, fica mais lento mesmo. A lista de inquéritos abertos no Supremo pela Operação Lava Jato cresce em ritmo acelerado. No entanto, o Supremo Tribunal não acompanha o mesmo ritmo. 

Inquéritos de políticos corruptos

Os inquéritos que investigam os quase 100 políticos suspeitos de corrupção não chegaram a seu término até hoje no STF. Ou seja, nenhum dos políticos foi condenado pela Suprema Corte.

Publicidade
Publicidade

Até o presente momento, apenas dois parlamentares são réus em ações penais. São eles, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Nelson Meurer (PP-RR). Em contrapartida, Janot declarou que o STF está fazendo o que pode. São mais de 40 investigações, entre denúncias, inquéritos e ações penais da #Lava Jato conduzidas pelo STF.

Inquéritos nas mãos de Teori Zavascki

Os inquéritos relacionados a Lava Jato se encontram todos no gabinete de Teori Zavascki. No total a Suprema Corte possui 4.400 inquéritos a serem julgados. Especialistas e Magistrados avaliam que a Corte não tem vocação penal. Segundo os investigadores, a avaliação é de que o Ministro Teori não deixa atrasar nada no gabinete. Teori Zavascki já declarou que não acelera nem desacelera, apenas vai fazendo na medida que os casos chegam em seu gabinete.

Publicidade

Ficaram a espera de sua decisão apenas os casos relacionados a Cunha.

Investigações da Lava Jato

Em contraponto, seguem as investigações da Operação Lava Jato. Até o momento, Moro já deu 21 sentenças, são 106 condenações do Juiz Federal. O Supremo Tribunal tem 38 investigações sobre a Lava Jato em curso. Apenas sete desses inquéritos a PGR já ofereceu denúncia e espera a decisão da 2ª Turma do Supremo. São oito investigações da Lava Jato não relacionadas à Petrobras que tramitam no STF e foram distribuídas em gabinetes de outros quatro ministros . Cinco inquéritos foram arquivados e dois remetidos a Sérgio Moro.  #Justiça