Os ministros do presidente Michel Temer não param de se complicar quando abrem a boca. Agora foi a vez do ministro Geddel Viera Lima, da Secretaria de Governo, se meter em maus lençóis ao comentar a prática de caixa 2.

Em entrevista ao jornal O Globo, o ministro afirmou que "é lícito supor que caixa 2 não é crime". E completou dizendo que é necessário uma discussão maior, "sem histeria". Geddel ainda ponderou dizendo que quem praticou no passado, "quando não era crime", não pode sofrer penalizações. Vale relembrar que a Câmara dos Deputados tentou colocar em votação surpresa, na segunda-feira (19), uma proposta que iria anistiar praticantes de caixa 2 e beneficiar possíveis condenados da Lava Jato.

Publicidade
Publicidade

A votação só não ocorreu porque sofreu pressão popular e por parte de alguns deputados contrários ao projeto.

Mesmo nos Estados Unidos, Temer precisou se posicionar a respeito da fala de seu ministro. Segundo disse, a posição de Geddel é "personalíssima" e não reflete o que pensa o seu governo#Michel Temer #Dentro da política #PMDB