O ex-presidente da Câmara dos Deputados, #Eduardo Cunha, deu entrevista falando um pouco sobre a sua situação no meio político e sobre todos os cenários de corrupção em que é investigado. Cunha ressaltou que a política é traiçoeira e criticou parlamentares do #PT. De acordo com o ex-presidente da Câmara, a cassação de seu mandato é apenas um "prato cheio" para Dilma e o PT falarem que foi "golpe" o impeachment da ex-presidente. "A minha cassação vai turbinar o PT em 2018", disse Cunha.

Cunha falou que ele é o pior inimigo do PT, na visão petista, e a cassação do seu mandato seria um presente dado à eles. Em relação ao depoimento prestado pela ex-presidente Dilma Rousseff na sua defesa no julgamento do impeachment, Cunha comentou que foi horroroso a atuação dela.

Publicidade
Publicidade

"Ela continua mentindo em grande escala", afirmou Cunha.

Crítica

Eduardo Cunha criticou os parlamentares do PT, dizendo que eles não têm nenhuma moral em dar discurso. Pois todos são envolvidos em corrupção. Os tesoureiros do PT já estão presos. A campanha petista foi paga com dinheiro do caixa 2 da Petrobrás, portanto se for olhar o correto, todos os parlamentares eleitos pelo PT deveriam ser cassados, ressaltou Cunha.

"Quem vive na política, pode morrer e ressuscitar várias vezes", comentou o deputado. Isso parece não preocupar Cunha, que revelou já ter visto muitas coisas acontecerem. A política é cruel algumas vezes e nem sempre a Justiça é feita. Estar na política é viver entre "o céu e o inferno".

Governo Temer

Segundo Cunha, Michel Temer vive momentos difíceis no #Governo e ele tem que tomar muito cuidado para não cair nas "armadilhas" que levou ao impeachment de Dilma.

Publicidade

O PSDB e o DEM estão ditando as regras do governo e isso não é bom para o presidente, que pode ficar "refém" desses partidos. 

O deputado falou que nesse primeiro momento existe manifestação petistas, mas futuramente podem ter manifestações de outros partidos, quando Temer começar a não concordar com ideias dos simpatizantes de Aécio Neves, por exemplo.