Neste sábado, 08, começou a circular nas redes sociais um vídeo em que o ator Carlos Vereza, cujo o último papel foi na novela 'Velho Chico', da TV Globo, dá polêmicas opiniões e faz revelações sobre quem seria #Marcelo Freixo, representante do PSOL, na disputa no segundo turno das eleições à prefeitura do Rio de Janeiro. Segundo Vereza, o opositor de Marcelo Crivella, do PRB, no pleito, seria uma real "ameaça mortal". Para isso, ele acusa o político de esquerda de ter apoiado os black blocks nas manifestações realizadas em junho de 2013, quando milhões de pessoas foram às ruas brasileiras para pedir uma redução dos preços das passagens de transporte público. 

Além disso, para o ator veterano, Marcelo tem um discurso convincente e se mostra como o novo, mas que de novo ele não teria nada, pois representa um tipo de ideologia que historicamente deu errada em todo o planeta.

Publicidade
Publicidade

Atualmente, países como a Venezuela e a Coreia do Norte, assumidamente de esquerda, são criticados pela mídia e até pelos dados oficiais. O segundo é a ditadura mais fechada do planeta, onde até a internet recebe forte limitação do governo, enquanto o primeiro, estaria passando uma crise tão grande que até boa parte da população já passa fome. 

Carlos pede por esse e outros motivos que seus amigos, familiares e os seguidores da internet não sejam conquistados pelo discurso de Marcelo Freixo.  A depender das pesquisas de intenção de votos, Crivella tem mais possibilidades de vencer o pleito. Ele aparece com 44% das intenções de voto, enquanto seu rival tem apenas 27%. No entanto, a propaganda no rádio e na televisão ainda não aconteceu. Costuma ser a partir dela que os números ficam bastante definidos.

Publicidade

Crivella nunca ganhou uma eleição majoritária, sendo Senador da república na atualidade. Já Freixo tem esse segundo turno como sua maior oportunidade política na cidade do Rio de Janeiro. É a primeira vez que ele chega nele. 

Veja abaixo o vídeo polêmico em que Carlos Vereza faz graves acusações contra o candidato à prefeitura do Rio de Janeiro:

#Eleições 2016