Se os opositores de #Eduardo Cunha temiam uma eventual delação premiada, agora podem começar a pensar em um plano B para se defenderem. Isso porque, após a divulgação da notícia de que Cunha poderia delatar mais de cem deputados federais, foi informado que, poucas horas após ser preso, o peemedebista contratou o advogado criminalista, Marlus Arns.

Marlus já integrava a defesa da esposa de Cunha, Claudia Cruz e agora está cuidando da redação do habeas corpus a ser apresentado no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, e dos produtos básicos a serem entregues para Eduardo, como higiene pessoal, roupas, etc. Marlus é considerado, por alguns juristas, como um especialista em delações premiadas e o responsável pelos acordos de delação de Camargo Corrêa Dalton Avancini e Eduardo Leite, que, após o trabalho de Arns, cumprem pena de 16 anos de prisão domiciliar.

Publicidade
Publicidade

O advogado também cuida de outros casos de réus da Lava Jato.

Marlus é sobrinho do arcebispo dom Paulo Evaristo Arns e da pediatra Zilda Arns, falecida durante o terremoto que atingiu o Haiti, em 2010. O advogado criminalista também é conhecido por ser um profissional confiável e que costuma manter vínculos afetivos com seus clientes, tomando suas angustias e fazendo o possível para saná-las.

Eduardo Cunha está isolado e não pôde dar nenhuma declaração para a imprensa. Ainda na quarta-feira, 19, foi dito que o mesmo ficaria isolado dos demais presos, recebendo apenas visitas necessárias, como do advogado ou de alguém da família. A prisão foi decretada por Sérgio Moro.

Clima tenso em Brasília

Após a prisão de Cunha, um clima tenso se instaurou em Brasília. Muitos deputados temem que o ex-presidente da Câmara fale tudo o que sabe e acabe prejudicando muitos deles.

Publicidade

Pouco mais de cem parlamentares tiveram contato direto com Cunha durante negociações de CPIs, projetos e estratégias políticas e podem ser citados pelo ex-deputado.

Aliados e opositores concordam em uma conclusão ao se referir a Eduardo Cunha: ele é um arquivo vivo. Cunha é considerado um homem influente e estrategista na política, sendo uma das poucas pessoas que conhecem o #Congresso Nacional a fundo. Todo esse status pode afundá-lo ou fazer com entre para a história como o ex-deputado que mais derrubou políticos após a sua prisão. #Polícia Federal