João Dória (PSDB), prefeito eleito de São Paulo, participou do festival Piauí GloboNews de Jornalismo e aproveitou para dar uma entrevista. O novo prefeito minimizou o fato do PSDB ficar dividido diante de sua escolha para concorrer à eleição. Dória ressaltou que recebeu vários cumprimentos dos tucanos pela sua vitória, inclusive do ministro das Relações Exteriores, José Serra, que é grande amigo de Andrea Matarazzo, que foi vice da chapa da candidata Marta 

Questionado sobre um vídeo, em que chamou #Lula de "cara de pau', Dória reafirmou o que disse: "Isso mesmo, o ex-presidente Lula é de fato um cara de pau", disse o tucano.

Publicidade
Publicidade

Dória ficou indignado quando Lula disse no Diretório Nacional do PT, em São Paulo, que no Brasil não havia ninguém mais honesto que ele. 

Parceria

O prefeito eleito comentou que fará várias parcerias com o presidente Michel Temer, buscando recursos para a cidade de São Paulo. "Não farei visitas apenas de cortesia. Quero, juntamente com Temer, trazer para São Paulo recursos para Habitação, Saúde, Educação e Mobilidade", ressaltou o tucano.

Um dos jornalistas perguntou a Dória, se não teria dificuldades em buscar apoio do governo federal, sendo que o prefeito Fernando Haddad, que era ligado à ex-presidente #Dilma Rousseff, não conseguiu muita coisa para São Paulo. João Dória respondeu que Haddad não foi bem tratado pela ex-presidente Dilma, mesmo eles sendo colegas de partido.

Pastel

O tucano possui um patrimônio de R$ 170 milhões e revelou aos jornalistas que foi nessa eleição que ele aprendeu a comer pastel e tomar pingado em boteco.

Publicidade

Segundo Dória, como o pastel vem muito quente, é necessário dar uma mordidinha no meio, devido o bafo, que queima. Uma outra lição que ele diz ter aprendido, é que quando for segurar um pingado, nunca pegue na parte de cima do copo, pois pode queimar os dedos, o bom é pegar no meio do copo.

O novo prefeito também não comentou em qual candidato do Rio de Janeiro ele pretende apoiar. "Torço para que o Rio de Janeiro vença as eleições". #JoãoDória